01/09/2005
Não Existe Rodeio Sem Crueldade: Os abusos e maus-tratos praticados contra os animais são confirmados através de material escrito (pareceres técnicos, decisões judiciais), fotografados e filmados (DVDs).
Se não houvesse junto um show de música para atrair a platéia "desconscientizada", só os sádicos compareceriam para a parte da carnificina...
CRUELDADE CONTRA ANIMAIS
RODEIO
Nenhum Animal Salta e Corcoveia Sem o Uso do Sedém
Apesar da origem norte-americana, até mesmo por lá esta prática não tem sido considerada cultural, havendo, inclusive, cerca de 15 cidades que já proíbem essas práticas em seu território, entre elas Fort Wayne (Indiana) e Pasadena (Califórnia). Aqui no Brasil, diferentemente do que dito por muitos, a prática do rodeio nada tem de cultural, tratando-se de uma cópia do modelo norte-americano.
Os animais utilizados nas práticas de rodeios sofrem flagrantes maus-tratos, podendo-se rebater facilmente qualquer argumentação contrária, tendo-se em vista que existem diversos laudos oficiais atestando o sofrimento e maus-tratos aos animais utilizados em variadas práticas, destacando-se os laudos emitidos pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e do Instituto de Criminalística do Rio de Janeiro.

Temos ainda as argumentações dos organizadores de rodeios, as quais rebatemos brevemente a seguir:
- Sedém não causa dor, apenas cócegas: o sedém, ao comprimir a região dos vazios do animal, provoca dor, porque nessa região existem órgãos como parte dos intestinos, bem como a região do prepúcio, onde se aloja o pênis do animal. Portanto, o ato do animal corcovear é a comprovação de sua dor e estresse, fazendo com que instintivamente tente se livrar de todos os apetrechos que lhes colocam;
- O animal trabalha apenas por 8 segundos: 8 segundos é o tempo que o peão deve permanecer no dorso do animal, porém deve-se lembrar que o sedém e colocado e comprimido tempos antes do animal ser colocado na arena (ainda no brete) e também tempos depois da montaria. Além disso, há declarações de peões de que treinam de 6 a 8 horas diárias, portanto, todo este tempo o animal estará sendo maltratado.
(Retirado do texto de Renata de Freitas Martins - Jurídico Associação Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos, vejam o texto na integra clickando aqui) - Imagens da www.pea.org.br/crueldade/rodeios/fotos.htm
ALGUMAS NOTÍCIAS PUBLICADAS NO JORNAL DO SITE

Maricá, Sexta-feira, 05/08/2005
CAMPANHA PARA COMPRA DE SEDÉM PARA O PREFEITO - PARTE I - Devido a tudo o que de ilegal envolve a realização dos rodeios, eles têm sido proibidos através de leis ou de decisões judiciais em muitos municípios, pelo fato dos animais utilizados sofrerem flagrantes maus-tratos, podendo-se rebater facilmente qualquer argumentação contrária, tendo-se em vista que existem diversos laudos oficiais atestando o sofrimento e maus-tratos aos animais utilizados em variadas práticas, destacando-se os laudos emitidos pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP e do Instituto de Criminalística do Rio de Janeiro.
ALEM DISSO, a relação entre comportamento criminoso e crueldade para com os animais foi irrefutavelmente estabelecida (http://www.vetmed.ucdavis.edu/CCAB/animalst.htm), com diversos estudos demonstrando que o desenvolvimento de empatia para com os animais é fundamental para que esta faculdade possa ser extensiva a todos os seres vivos, incluindo o próprio homem.
INFELIZMENTE MARICÁ NÃO SEGUE OS MODELOS CULTOS E CIVILIZADOS NO MUNDO, com a PMM ao invés de apoiar práticas realmente esportivas ou culturais, estar ao contrario apoiando práticas que incentivam violência e barbarismos, como as que utilizam por exemplo o tal sedém macio, como o trazido no bojo da Lei n.º 10.519/02, que dispõe sobre a promoção e a fiscalização da defesa sanitária animal quando da realização de rodeio e dá outras providências, que não evita o sofrimento dos animais, já que a região onde são colocados são extremamente sensíveis, e, portanto, inócua essa tentativa de minimização dos efeitos de danos que os sedéns causam aos animais.
BASEADOS NISSO, estamos iniciando hoje nossa campanha para arrecadar fundos para comprar um sedém macio para o Prefeito, pois se a PMM acha que isso é divertido, acreditamos que o mesmo também não deve se incomodar de ter um desses, muito pelo contrário. De nossa parte não vemos graça nenhuma nisso, mas se a PMM gosta, a gente ajuda iniciando uma campanha. Quem quiser colaborar, é só fazer contato com o Site.
OBS.: SEDÉM
- Espécie de cinta que se amarra na virilha do animal e que faz com que ele pule, que momentos antes de o brete ser aberto para que o animal entre na arena, é puxado com força, comprimindo ainda mais a região dos vazios dos animais, provocando muita dor, já que nessa região existem órgãos, como parte dos intestinos, bem como a região do prepúcio, onde se aloja o pênis.
RODEIOS - SAIBA MAIS EM - http://www.pea.org.br/crueldade/rodeios/
RODEIOS: VEJA IMAGENS DA BARBÁRIE EM - http://www.pea.org.br/crueldade/rodeios/fotos.htm
Maricá, Terça-feira, 09/08/2005
MENSAGEM/ENTIDADE QUER VETAR REALIZAÇÃO DA PROVA DO LAÇO EM BARRETOS - ( Textos extraidos da Folha Online - 01/08/2005)" O Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal quer impedir que a prova do laço de bezerro seja realizada na 50ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, que acontece esse mês. A entidade entrou com uma representação no Ministério Público Estadual. Segundo a presidente do fórum, Sônia Fonseca, essa prova é a mais cruel de todo o rodeio. Apesar de tentar acabar com uma das provas, Fonseca considera impossível proibir a realização completa do rodeio em Barretos em razão, principalmente, da força econômica do evento. "Existe uma exploração financeira dos maus-tratos dos animais ." Se ficar provado que os animais sofrem danos ao participar da prova, ela pode ser proibida. Em São José dos Campos, o promotor Laerte Levai conseguiu a proibição dos rodeios. "Por enquanto, vencemos em cidades com menos tradição nesse tipo de evento. Depois, acredito que tentarão chegar a Barretos", diz. Segundo ele, a Constituição veda a crueldade contra animais, assim como a legislação ambiental. "Só tentamos fazer cumprir a lei." No Rio de Janeiro, os rodeios também foram proibidos, e em Itu (interior de São Paulo) foi impedida judicialmente a exibição de animais em festas. Ass. mais um que quer ver a lei ser cumprida"
Maricá, Quarta-feira, 10/08/2005
REPASSANDO/"EU ODEIO RODEIO" NO PROGRAMA FORA DO AR - "A apresentadora Adriane Galisteu aproveitou os últimos minutos do programa Fora do Ar dia 13/07 para criticar a prática de rodeios. Conforme regra usual no programa, um dos quatro apresentadores - Galisteu, Jorge Kajuru, Cacá Rosset e Hebe Camargo - finaliza o Fora do Ar com uma música homenageando alguém. Porém, nesta quarta-feira 13/07, Dia do Rock, Galisteu decidiu escolher Rita Lee, que compôs a música Eu Odeio Rodeio em parceria com Chico César. Galisteu elogiou a roqueira e criticou a prática de rodeios concordando com Rita Lee. Hebe Camargo apoiou a amiga".

A INCONSTITUCIONALIDADE DOS RODEIOS - Sob disfarce de "esporte", está legalizado em Maricá mais uma modalidade de exploração do mau trato aos animais. O respeito que merece um atleta, seria devido se usassem "touros mecânicos", como em diversas cidades americanas, país que origina o rodeio, onde até mesmo por lá esta prática não tem sido considerada nem cultural, havendo, inclusive, mais de 15 cidades onde está proibida, entre elas Fort Wayne (Indiana) e Pasadena (Califórnia). Já é comprovado também o quão gratuito e desnecessário é o sofrimento desses bichos, pois se não houvesse junto um grande show de música para atrair platéia, só os sádicos compareceriam para a parte da carnificina.
DE NOSSA PARTE, estamos boicotando qualquer um que estiver fazendo apologia ou dando apoio para essas barbáries. Em respeito à educação não estamos colocando as imagens mais fortes, mas uma apresentação em slides power point, você pode ver clickando aqui.

ALGUNS EXEMPLOS DE CIDADES ONDE RODEIO É PROIBIDO NO BRASIL
- Proibição por lei: Rio de Janeiro, São Paulo, Sorocaba, Guarulhos, Jundiaí. Proibição por decisões judiciais: Ribeirão Preto, Ribeirão Bonito, Itu, São Pedro, Bauru, Arealva, Avaí, Itupeva, Cabreuva, Américo Brasiliense, Rincão, Santa Lúcia, Boa Esperança do Sul, Cravinhos. Ao contrário de Maricá onde o empregadinho da empresa só pode dizer "sim senhor" para os patrões, nessas cidades-exemplo as barbáries de rodeio por serem inconstitucionais não são permitidas.
Maricá, Sexta-feira, 12/08/2005
NÃO SE DEIXE ENGANAR - "No município do Rio de Janeiro, temos a Lei 2.284/95, do vereador Wilson Leite Passos, e no âmbito do estado temos a Lei 2.026/92, assinada pelo então governador Leonel Brizola, que diz: "Art. 1º. - Fica proibido em todo território fluminense, espetáculos e atividades que impliquem maus-tratos nos animais, selvageria, morte ou suplício afligido a qualquer exemplar da fauna." Porém, a imposição política de alguns prefeitos do interior que insistem em promover tais espetáculos em suas cidades, só o levam à desmoralização pessoal e do seu Governo diante de seus eleitores, já que o nosso prezado secretário de Segurança, Nilton Cerqueira, determinou à todas as unidades daquela secretaria atenção com a crueldade contra os animais, tendo em vista o estabelecido no art. 64 da Lei Penal 3.688/41. Por dever citamos a Nota de Instrução 005/97, de 27/05/97, assinada pelo estimado coronel Dorasil Corval, comandante-geral da Polícia Militar, e a Nota DGST 020/97, assinada pelo irrepreensível coronel Rubem Jorge, comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, que proibiu a concessão de autorização para quaisquer tipos de eventos onde hajam em suas programações 'rodeios, vaquejadas e similares' ". Esse texto todo você pode ver em http://www.falabicho.org.br/rodeio.htm

Maricá, Quarta-feira, 17/08/2005
ODEIO RODEIO
- "A roqueira Rita Lee, com sua infinita sensibilidade, é uma das mais ardorosas defensora dos animais. Leia o que ela pensa sobre rodeio: "Hoje, vou falar sobre rodeios. Rodeio é um vergonhoso lixo cultural norte americano onde os animais são submetidos às mais cruéis torturas... E não me venham os defensores dessa indústria, tão milionária quanto imbecil, afirmar que pulam daquela maneira porque são bravos e selvagens. Aqueles pobres animais pulam de dor! Nosso romântico jeca tatú hoje se chama john wayne, um peão cowboy, um atleta profissional da crueldade. Uma arena como esta poderia apresentar atrações esportivas de verdade, vários grandes atletas do Brasil estão sem patrocínio ou incentivo algum. A festa não perderia seu brilho, não deixaria de gerar empregos e as crianças presentes aprenderiam algo mais dignificante. No entanto este espaço é preenchido por uma corja de sanguinários cujo "esporte" (!?!) é laçar bezerrinhos indefesos, instalar sedém nos machos, enfiar cacos de vidro e cigarros acesos nas femeas, e outras práticas nazistas... Abaixo a ditadura do sofrimento animal! abaixo a tortura! eu odeio rodeio!" Vejam o texto todo em www.ritalee.com.br
Maricá, Quinta-feira, 18/08/2005
CAMPANHA PARA COMPRA DE UM SEDEM PARA O PREFEITO (E CABRESTO PARA CERTOS IGNORANTES) - Nossa campanha esta crescendo, porem com tanto problema pelo mundo precisando solução e gente que se interesse em resolve-los, tem ignorante por ai gastando tempo e o ouvido dos outros com papos idiotas e preconceituosos contra quem protege animais, então com a sobra da Campanha a gente vai depois comprar uns cabrestos para esses "protetores dos matadouros clandestinos", que sequer se incomodam com o destino por exemplo, da maioria absoluta dos cavalos de rodeio quando não podem mais pular de dor para "divertir" uma platéia. Como é perda de tempo ter uma conversa lúcida com esse tipo de ignorante, a gente informa aos conscientizados um link onde podem saber dessa questão. Vejam em Equinos Brasil, clickando aqui.
Maricá, Sexta-feira, 19/08/2005
ODEIO RODEIO
- Tem uma matéria interessante, que fala sobre prefeitos e as tais companhias de rodeios que "chegam a solicitar mandados de segurança (de juizes locais, claro!) para que possam assistir à situação deprimente que policiais ficam diante do fato, além de terem que escutar "veterinários" contratados para desmentir a lei que teve embasamento em vários pareceres de universidades de medicina veterinária. ... É bom que se esclareça que na capital de São Paulo o rodeio é proibido por lei, apesar de todas as ameaças físicas e morais sofridas pelo vereador autor. Além de tentarem expandir tais "espetáculos" por todo o Brasil, chegaram ao cúmulo de desejarem pedir ao Exmo. ministro Pelé que seja oficialmente declarado como "esporte", assim como são as touradas da Espanha, reconhecida no mundo inteiro como o país mais cruel com os animais". Vejam em http://www.falabicho.org.br/rodeio.htm
EU ODEIO RODEIO

RODEIO AQUI NÃO É BEM VINDO - Informamos aos nossos novos leitores de outras localidades, que nosso Site não tem qualquer tipo de interesse em incentivar covardias relacionadas aos animais, nem depende daqueles que se divertem com isso ou dos ignorantes que insistem em tentar convencer os outros que eqüinos e bovinos de rodeio pulam em desespero na arena "porque estão felizes". Aqui não apoiamos pedofilia, briga de galo, rodeio, nem nenhuma prática inconstitucional assemelhada.
Para informações para assistir covardia com animais em rodeio, propaganda de cidades de outros estados, americanização de nossa cultura, incentivo a violência e selvagerias já proibidas num monte de cidades, favor procurar o Sr. Ricardo Queiroz. Obrigado pela atenção.