22/06/2003
FESTAS JUNINAS
Estamos terminando o mês de junho e fala-se muito nas festas juninas , sendo que atualmente não mais são como nos tempos de outrora. Hoje ouve-se Funk e as festas quando tem quadrilhas são para assaltos. Vale, então. matarmos a saudade neste dia de São João. Santo Antônio, São João e São Pedro são os padroeiros das festas juninas no Brasil. Saiba mais sobre cada um deles:
Santo Antônio - Dia 13 de junho
Ele nasceu em Lisboa, em agosto de 1195. Santo Antônio
era muito preocupado com os pobres. Na Europa, é o santo
da fartura, porque fez um milagre com pães para
conseguir alimentar mendigos. No Brasil, é conhecido
como o santo casamenteiro. Por isso, na véspera do dia
13, um monte de mulheres faz simpatias para Santo
Antônio, para tentar arrumar um namorado.
São João - Dia 24 de junho
São João, filho de Zacarias e Isabel (parente de Maria),
ficou mais conhecido pelo nome de São João Batista. Foi
ele quem batizou Jesus Cristo, que aliás era seu primo.
Ele é o santo mais importante das festas juninas, que
também são conhecidas como Festas de São João.

São Pedro - 29 de junho
São Pedro era um dos 12 apóstolos de Jesus Cristo. Ele
largou seu casamento e seus filhos para se juntar ao
grupo de Jesus. Foi no barco de Pedro que Cristo
realizou o milagre dos peixes. Pedro foi também o
primeiro papa que existiu e é conhecido por ser o
guardião das chaves do céu. Ele protege os lares e cuida
das chuvas. Por isso, quando chove, diz-se que São Pedro
está fazendo faxina no céu.
Festa junina sem canções típicas não é festa junina. "Sonho de Papel", "Capelinha de Melão", "Pula a Fogueira" e outros sucessos fazem parte da trilha sonora dos melhores arraiás.

Escute canções juninas no canal "Festa Junina", da Rádio UOL. Abaixo, você confere a letra dos principais "hits" e pode até cantar sozinho:



Sonho de papel
Carlos Braga e Alberto Ribeiro

O balão vai subindo
Vai caindo a garoa
O céu tá tão lindo
E a noite é tão boa

São João, São João
Acende a fogueira
No meu coração

Sonho de papel
A girar na escuridão
Soltei em seu louvor
No sonho multicor

Oh! Meu São João
Meu balão azul
Foi subindo devagar
O vento que soprou
Meu sonho carregou
Nem vai mais voltar


Capelinha de Melão
João de Barros e Adalberto Ribeiro

Capelinha de melão
É de São João
É de cravo, é de rosa,
É de manjericão

São João está dormindo,
Não me ouve não
Acordai, acordai,
Acordai, João

Atirei rosas pelo caminho
A ventania veio e levou
Tu me fizeste com seus espinhos
Uma coroa de flor


Cai, Cai, Balão

Cai, cai, balão
Cai, cai, balão
Cai na rua de sabão

Não cai não,
Não cai não,
Não cai não,
Cai aqui na minha mão    Música Junina
Djalma da Silveira Allegro e Paulo Soveral

A mesa tá preparada,
os conviva vão chegando,
o quentão vai se servido,
o leitão tá esturricando

Tem pipoca, tem pamonha,
mio verde com fartura
Tem cabrito e frango assado,
tem doce de rapadura
Tem tanta coisa gostosa
que barriga quase fura.

Chame o Mané Sanfoneiro
que o baile vai começá!
Vamos dançá a quadrilha,
cada um no seu lugar

E a festança continua,
continua o arrasta-pé
Dança home com otro home
e muié com otra muié

Um já gasto as butinas,
otro já sento cansado
As moças dançam com o padre,
as véia com o delegado
Uns ainda tão na mesa
comendo doce e salgado

A fogueira vai queimando
que dá gosto a gente vê
As estrelas ainda piscando,
o sol quase pra nasce
Tá todo mundo esperando
otro dia amanhece.


Pula a fogueira
João B. Filho

Pula a fogueira, Iaiá
Pula a fogueira, Ioiô
Cuidado para não se queimar
Olha que a fogueira
Já queimou o meu amor

Nesta noite de festança
Todos caem na dança
Alegrando o coração
Foguetes, cantos e troca
Na cidadde e na roça
Em louvor a São João

Nesta noite de folgueto
Todos brincam sem medo
A soltar seu pistolão
Morena flor do sertão
Quero saber se tu és
Dona do meu coração
   
...