Perigo, a caneta que apaga está de volta.

     Repassando...
            "Recentemente um amigo me contou que havia sido vitima de um golpe, deu um cheque de baixo valor para pagar um produto e quando tirou o saldo de sua conta o mesmo cheque tinha sido alterado para 2.500,00 Reais e o que é pior, foi sacado.
            Imediatamente lembrei-me de uma propaganda feita no catálogo da Kalunga da caneta Paper-mate eraser.max, caneta esta que se apaga como se fosse lápis.             O que ocorre é o seguinte, o "comerciante" oferece a caneta para o preenchimento do cheque, a caneta é a dita cuja, quando o pobre do cliente vai embora, ele apaga o valor e o extenso, deixando apenas a assinatura e preenche com o valor que quiser.
            Scaneei a propaganda feita no catalogo da Kalunga, dê uma olhadinha, e lembre-se ao preencher um cheque nunca aceitar a caneta oferecida pelo comerciante, preencha com a sua.
            O que mais me surpreende é que algum tempo atrás, este tipo de caneta foi proibido justamente por causa deste golpe, e agora a mesma caneta volta a ser fabricada.
"